Dicas de organização para manter o espaço arrumado

Passar o dia em um espaço desorganizado não é uma experiência nada boa. Parece que tudo sai do controle, você tem dificuldade para encontrar aquilo procura, e isso tudo causa muito estresse.

Para evitar esse constrangimento, nada melhor do que manter o ambiente sempre organizado. Confira algumas dicas de organização para manter o espaço arrumado que irão te ajudar a deixar sua casa em ordem.

Quarto

Mantenha o guarda roupas organizado. Você pode separar as peças de roupas por categoria, por exemplo, colocando calça jeans com calça jeans, blusinhas com blusinhas e assim por diante. Assim será mais fácil encontrar as peças.

Tente colocar roupas ou objetos no devido lugar assim que terminar de usar. Assim você evita deixar acumular bagunça. Deixar para guardar as coisas mais tarde só irá te dar mais trabalho.

Sala

Manter muitos objetos de decoração torna mais difícil organizar e limpar a sala. Por isso, escolha bem os objetos que irá utilizar na decoração e evite excessos.

Evite colocar papéis, revistas e jornais na mesa e nas estantes. Deixe esses móveis livres para colocar os objetos de decoração e os aparelhos eletrônicos.

Escritório

Descarte todos aqueles objetos que você sabe que não serão mais necessários. Para manter o espaço arrumado, organize documentos em pastas e utilize caixas ou cestas organizadoras para colocar objetos. Você pode também utilizar canecas para guardar suas canetas.

Cozinha

Tenha em sua cozinha móveis organizadores. Será mais fácil para você encontrar os utensílios guardados dentro desses móveis. Você pode guardar os potes de plástico um dentro do outro para economizar espaço. Mas lembre-se de manter as tampas juntas em um cesto, assim será mais fácil encontrá-las.

Banheiro

Evite acumular coisas no banheiro, como por exemplo, perfumes e maquiagens. Leve para lá apenas o necessário. Organize os produtos de limpeza e os cremes dentro de cestas de plástico, assim será mais fácil manter o espaço arrumado.

 

Motivos para não contratar um decorador

As decorações são muito importantes em um ambiente. Elas transformam completamente a imagem do local, podem deixá-lo com aparência aconchegante, descontraída ou formal. Mas todos esses benefícios vêm acompanhados de gastos com materiais e com profissionais especializados.

Está pensando em decorar um ambiente, mas está em dúvida se deve ou não contratar um decorador? Saiba que nem sempre é necessário investir na contratação de um profissional especializado. Veja alguns motivos para não contratar um decorador.

Libere a criatividade

Se você acha que tem habilidades com decoração, ou tem tempo e paciência para aprender, pode fazer a decoração que tanto deseja. Com bastante cuidado e dedicação, você garantirá que o ambiente fique decorado de acordo com o seu estilo. Na internet você encontra várias ideias de decoração que podem servir de inspiração para o seu trabalho.

criatividae

Evite constrangimentos

Contratar um decorador pode ser uma experiência constrangedora se a comunicação entre vocês não for eficiente. Em casos como esse, o cliente pode se ver obrigado a confiar no trabalho do decorador e a acaba que ele tome as decisões. O profissional pode acabar fazendo um trabalho diferente do que o cliente espera, principalmente se o decorador não apresentar com detalhes um modelo do trabalho que vai fazer.

Economize gastos

Economia pode ser o principal motivo para não contratar um decorador. O trabalho de um profissional, obviamente, envolve gastos com mão de obra. E você pode economizar gastos se fizer o trabalho ao invés de contratar alguém. Além disso, um profissional pode te influenciar a contratar outros serviços, que geram gastos superiores ao que foi planejado no orçamento.

Dedique seu tempo ao trabalho

É normal que um decorador profissional tenha vários projetos para desenvolver simultaneamente. Por esse motivo, pode ser que ele não possa se dedicar ao seu projeto como você gostaria. Se você fizer a decoração poderá dedicar o tempo que achar necessário para o trabalho.

Como escolher as cores de um ambiente

As cores de um ambiente, quando planejadas de forma sensata, mostram personalidade e tem a capacidade de deixar o ambiente mais aconchegante, alegre ou formal. Veja como escolher as cores de um ambiente:

Analise o espaço

Antes de começar a definir as cores, é importante analisar bem o espaço, saber qual será sua utilidade, para escolher uma cor que possa combinar.

Se o espaço já estiver ocupado com móveis, acessórios de decoração, cortinas e tapetes, e sua intensão é não mudar tudo, comece observando as cores presentes no local, e só depois, escolha aquelas que poderão combinar.

Dê destaque à decoração

A cor das paredes em tom mais claro pode ser ótima aliada para valorizar e destacar os elementos presentes na decoração. E as cores mais fortes podem ficar por conta dos objetos presentes no ambiente.

Se sua intenção é que um cômodo aparente ser um espaço maior, o mais indicado é combinar cores claras, como cinza ou areia.

Torne o ambiente mais vibrante

Se sua escolha é deixar o ambiente com aparência mais vibrante, você pode pintar uma das paredes com uma cor vibrante, como violeta ou laranja, e equilibrar a aparência do lugar, com objetos que tenham cores mais neutras. Esse tipo de decoração é excelente opção para ambientes mais dinâmicos.

Porém, se usadas com exagero, cores vibrantes criam uma aparência cansativa. Por isso, elas são mais indicadas para uma única parede e para apenas parte dos objetos de decoração.

Combine a iluminação

É importante também observar a iluminação do ambiente. As tonalidades das cores podem parecer diferentes dependendo da iluminação e podem escurecer o local. Em ambientes com pouca iluminação, o ideal é combinar cores mais claras.

Em escritórios, onde as pessoas necessitam de concentração, o ideal é uma boa iluminação e o uso de cores mais brandas, que não provoquem agitação.

Como combinar tecido estampado

A combinação de estampas faz toda a diferença em trabalhos artesanais. Em lojas especializadas em materiais para artesanato, é possível encontrar tecidos das mais variadas estampas, ricas em cores e desenhos. Em meio a tantas opções, fica uma dúvida: como combinar tecido estampado para conseguir um resultado satisfatório nos trabalhos artesanais?

Uma boa combinação é aquela que cria uma relação harmoniosa entre as cores, valorizando a beleza das peças produzidas. Confira abaixo, dicas de como combinar tecido estampado. (Veja Mais)

Estampas em comum

Uma boa dica é combinar estampas que tenham aspectos em comum (cores em comum, formato em comum). Por exemplo, você pode misturar um tecido estampado com fundo verde, a uma estampa que tenha detalhes em verde.

Outra dica é misturar formatos. Por exemplo, você pode fazer combinação de linhas retas com linhas geométricas. E pode combinar também estampas maiores com outras menores de desenhos delicados.

 Combinação de cores

cores

 

Combinações de cores de tecido estampado criam uma imagem muito especial para as peças de artesanato. Veja como fazer algumas combinações de cores de tecido estampado.

Combinação monocromática: consiste em combinar tons diferentes de uma mesma cor, fazendo uma combinação mais neutra.

Combinação análoga: composta pela junção de uma cor primária com uma cor vizinha. Essa também é considerada uma combinação neutra.

Combinação complementar: é a combinação de cores opostas. Você pode unir cores quentes (amarelos, laranjas e vermelhos) a cores frias (verdes e azuis), que cria um efeito sofisticado. Por exemplo, pode combinar um tecido estampado de vermelho (cor quente) a um estampado verde claro (cor fria).

Combinação tríade: essa combinação nada mais é do que a junção de estampas de três cores opostas no círculo cromático.

estampa

Cores neutras

Outra dica interessante é usar estampas de cores neutras, como branco, preto e tons de cinza, que dão destaque a outras cores e realçam elementos da sua peça.

 

Dicas de decoração para seu lar

decoracao

Dicas de decoração para seu lar

Todo mundo já viu uma casa bem decorada em uma novela ou mesmo visitou a casa de um amigo e desejou redecorar seu lar, mas não pode contratar um decorador. Sabia que você também pode decorar sua casa com ou sem objetos artesanais e deixa-la simplesmente linda com essas dicas de decoração para seu lar.

Geralmente alguns tipos de ambientes são mais difíceis para decorar quando não se tem experiência no assunto. Entre esses ambientes estão salas pequenas ou estreitas, cozinha muito pequena, cantos onde você não faz ideia do que colocar.

Nesse artigo vou te passar dicas de decoração para seu lar que realmente vão fazer diferença e você não precisa ser nenhum expert em decoração de interiores.

Veja agora dicas de decoração para seu lar

casa

Coloque personalidade: A primeira dica para decorar qualquer ambiente de sua casa é colocar personalidade em tudo, mas você deve optar por um estilo para saber quais objetos colocar. Veja quais estilos você pode escolher:

  • Minimalista: Aqui o nome já diz tudo. Os ambientes minimalistas são decorados de forma estratégica para ter apenas o que é essencial e seu principal objetivo é a funcionalidade.
  • Moderno: Esse é um estilo mais democrático que pode ser usado tanto em ambientes com muito espaço quanto aqueles bem pequenos. É o estilo mais fácil de montar. Não pense que por causa do nome seus elementos tenham que ser contemporâneos, na verdade, os elementos desse estilo remetem ao século XIX e seu movimento modernista.
  • Contemporâneo: Estilo menos despido do que o minimalista, mas tão sóbrio quanto. Os objetos precisam seguir as tendências atuais.
  • Oriental: Aqui o nome também já diz tudo. A principal característica desse estilo são os móveis em madeira com estrutura mais baixa do que o usual. Essa é a melhor das dicas de decoração para seu lar se você curte ambientes mais tranquilos.
  • Rústico: resumindo, o estilo rústico é uma combinação de elementos com cara de natureza e com comodidade e casualidade. Incluem-se aí flores, madeira, pedras etc.
  • Étnico: Nesse estilo você pode optar por várias nuances como elementos indígenas, africanos, exóticos etc. Decoração difícil por apresentar grande variedade de elementos.

Dicas de decoração para sala de estar pequena

  • Se você não tema muito espaço, infelizmente não vai poder comparar aquele sofá enorme. Escolha um que se adapte bem com p espaço que você tem. Geralmente apenas um com 3 lugares já é suficiente. A dica é tirar as medidas da sala antes de comprar o móvel.
  • Opte por um sofá reto, sem braço e com pouca profundidade, pois faz sua sala aparentar maior. As cores mais claras e lisas também são melhores nesse caso.
  • Caso um sofá apenas não dê conta a quantidade de pessoas da casa, opte por poltronas, mas cuidado com a quantidade e com o tamanho delas para não ficar com aspecto de objetos entulhados.
  • Os outros móveis como os painéis e racks também precisam ser mais rasos. Essa estratégia fará com que você ganhe algum espaço.
  • O ideal é que você pinte as paredes com cores mais claras também. Parece que não faz diferença, mas isso promove uma sensação de amplitude.
  • Com toda a base e os grandes móveis em cores claras, você pode brincar com pequenos elementos mais coloridos. Essa foi a última das dicas de decoração para seu lar.

 

 

 

 

 

 

Bem vindo

Oi, obrigado por estar aqui. Que dizer que você é bem-vindo a este blog onde ire falar de artesanato. Sempre fiz artesanato desde pequeno e isso me motivou a estar sempre em busca de mais informações que me ajudasse a desenvolver nesta área.

Criei este blog pra compartilhar várias destas dicas que sei que serão úteis pra você, e pra toda comunidade envolvida com arte.

Estou sempre aberto a sugestões, por isso fique a vontade pra compartilhar ou sugerir algo nos comentários, ok?